sonora

Martín Briano, nosso maestro, veio de Buenos Aires a São Paulo passar duas – ainda não terminadas – semanas para ministrar a oficina de Trilha Sonora no Instituto Criar, no Bom Retiro.

O argentino falou coisas importantes e fez pensar sobre frequências, dinâmicas e outros simples mistérios como ler em voz alta uma lista de palavras colhidas de textos de Hilda Hilst e falar português num sotaque porteño sem qualquer pudor, como quem diz “arena” sem querer dizer “areia”. Querendo ouvir o que dizem daí: e se riem todos. Pronto.

 

Fotos: Martín Avaro

mais fotos